quinta-feira, 4 de março de 2010

Bom dia Amigos!
Desde de ontem uma grande indignação tomou conta de mim. Tudo deu inicio ontem quando assistindo ao telejornal da TV Globo "Bom dia Brasil" foi apresentado uma reportagem sobre a situação de algumas escolas do Maranhão ( Barreirinhas e Anajatuba). Fiquei envergonhado com tal situação. É inadimissivel que nos dias atuais nos deparemos com tamanho descaso com a educação. Em um País que se dizcomprometido com a educação percebe-se que há muito ainda a fazer. Como é possivel mudar a realidade daquele povo sofrido do interior do Maranhão sem uma educação de qualidade, sem um investimento no setor educacional?
É uma verdadeira vergonha aos politicos que se preocupam apenas em embolsar o dinheiro publico sem o devido respeito ao povo.
Espero que as autoridade tomem providencias no intuito de responsabilizar os inresponsáveis causadores de tal descaso, de tal ato contra a cidadania.

domingo, 11 de outubro de 2009

TECNOLOGIA NO CAMPO EDUCACIONAL

É notório a influencia do avanço tecnológico na elaboração dos currículos educacionais, uma vez que a própria escola tem a função de preparar cidadãos, e a escola não aderindo a estes avanços não estar desempenhando sua função. No mundo atual, são muitos os concorrentes com a escola, com a educação. Há a necessidade de escolas e professores buscarem mecanismos para atrair os alunos para as salas de aulas como local de intercâmbio “multi-cultural”. Uma das armas utilizadas é a elaboração dos currículos atendendo às exigências dos PCN’s com a colocação dos temas transversais.
Parece não haver dúvidas quanto à importância do currículo no processo educativo escolar. É por intermédio do currículo que as “coisas” acontecem na escola. No currículo se sistematizam nossos esforços pedagógicos. O currículo é, em outras palavras, o coração da escola, o espaço central em que atuamos, o que nos torna, nos diferentes níveis do processo educacional, responsáveis por sua elaboração. O papel do educador no processo curricular é, assim, fundamental.
Durante a elaboração do painel pude observar que a tarefa de melhorar nosso sistema educacional, dinâmico e complexo, exige atuação em múltiplas dimensões e decisões fundamentadas, seguras e criativas. De um lado, há melhorias institucionais, que atingem instalações físicas e recursos materiais e humanos, tornando as escolas e organizações educacionais mais adequadas para o desempenho dos papéis que lhes cabem. De outro, há melhorias nas condições de atendimento às novas gerações, traduzidas por adequação nos currículos e nos recursos para seu desenvolvimento, num nível tal que provoquem ganhos substanciais na aprendizagem dos estudantes.
Diante de tantas inovações no campo educacional, cabe ao professor, enquanto mediador do conhecimento, estar “antenado” com as diversidades sociais, pois o mesmo se deparará com realidades diferentes trazidas pelos alunos para dentro da sala de aula. Dentre essa realidade pode ser citado a homossexualidade, a etnia racial, tribos de convivência, religião e outros. Isso exige do professor não só um conhecimento na área da informática, mas na área do conhecimento de mundo. Mediante essa evolução, percebe-se a necessidade da imparcialidade do professor diante de situações diversas.
O painel tentou representar um pouco da complexidade que envolve a tecnologia no campo educacional, registrando a evolução matrizes curriculares, pois a escola é, sem duvidas, a porta para a construção do conhecimento centrada em parâmetros em que a sociedade está envolvida.

sábado, 26 de setembro de 2009

Responsabilidade Social

Acontece hoje na faculdade atenas Maranhense a Responsabilidade Social. Uma ação que conta com vária atividades, entre elas: O cantinho da leitura, palestra sobre as doenças sexualmente transmissiveis, medição da pressão arterial, sessões de acumputura, cortes de cabelos, distribuição de preservativos, distribuição de mudas de plantas e outras atividades. acho ações assim de extrema importancia diante de tantos problemas enfretados pela humanidade.
Um abraço a todos.

Educação, o alicerce do MUNDO.

É notório a preocupação dos governos com a educação. Todos se apropriam do mesmo discurso: "Investir na educação é a única forma de mudarmos essa nossa realidade". O que fica evidente é a demagogia por parte da maioria dos políticos.Na prática não se percebe tais investimentos. O que se observa são escolas em estado deplorável, professores mal remunerados, aulas desinteressantes, que não condiz com a realidade do aluno. Acredito que é necessário menos discurso de nossos governantes e mais atitude, pois só assim, talvez, mudemos essa nossa realidade.